domingo, março 8

Dia Internacional da Mulher




Hoje é o Dia Internacional da Mulher. Seria giro comemorar tal dia não fora dar-se o caso de este dia pretender, além do mais, chamar a atenção para a condição feminina por esse mundo fora.

Não creio que este dia seja uma comemoração, mas sim um dia especial para tomarmos consciência de que o papel das mulheres no mundo ainda carece de algum protagonismo. Ainda há mulheres tratadas como cidadãs de 5ª categoria, à mercê da ignorância do poder masculino dominante. Ainda há mulheres que recebem menos que os homens pelo mesmo trabalho. Ainda há mulheres que não conseguem arranjar emprego por existir a probabilidade de engravidarem, por estarem grávidas, por terem filhos... Há mulheres mal tratadas e abusadas pelos maridos... e podia continuar.

E depois temos as tais honrosas excepções: as mulheres excepcionais que estão em cargos de liderança; as mulheres excepcionais que acedem a elevados cargos políticos; as mulheres excepcionais que exercem profissões "tipicamente" masculinas

Actualmente o futuro reserva-nos muito mais mulheres nos tribunais superiores. Há mais mulheres a exercer a advocacia, há mais mulheres a exercer a magistratura.

Até ao 25 de Abril as mulheres não podiam exercer a magistratura.... portanto, há 35 anos as mulheres licenciadas em Direito só podiam advogar, ser notárias ou conservadoras. A magistratura estava-lhes vedada.

E este texto podia ir por aí a fora...

O Dia Internacional da Mulher não deve servir, na minha opinião, de pretexto para apanhar uma bebedeira e ir ver miúdos a fazer strip...

Agitem-se! Lutem! Ainda há muito caminho a percorrer...

3 comentários:

Eduarda disse...

Vai lá dizer isso á minha avó!!!!

PKB no T12 disse...

Pois! =)) A tua avó é catita! ehehehe

cat in a bag disse...

Fazia falta um post assim, irra... Odeio terminantemente receber sms ou e-mails a desejar os parabens ou um feliz dia da mulher...

É isso e o dia da criança ser usado como desculpa para dar prendas aos meninos... Mas isso é outra conversa...

Bem dito, PKB!

***