quinta-feira, junho 26

Ah leoa!!!

Esta tarde na praia com os amigos a trabalhar pró bronze, as usually com os phones nos ouvidos, quando dou conta de um grupinho de meninas todas de t-shirt azul a andar na praia. Num segundo olhar, o que vejo? … as ditas junto da minha cria. Puxão nos phones.
- Ah! E tal são vinte euros com direito a duas bebidas brancas ou quatro imperiais… e a rapariga com cara de parva provavelmente a pensar – Bebidas brancas? Só conheço tipo sumol da ananás ou champomim???
Parecia que tava dotada de uma mola no rabo tão depressa fiquei em pé.
- Oiça lá!!! escusado será dizer com que tom de voz…- A minha filha tem 12 anos… cerveja… bebidas brancas???
A menina coitada não sabia onde se havia de enfiar (só lhe restava também a areia que àquela hora tava a escaldar)
- Desculpe, desculpe é que não parece nada.
E eu continuei – Não parece … não parece… também eu não pareço mas sou a Sharon Stone e lá continuei a praguejar.
Se depressa chegou mais depressa se foi.
Imaginem a querer desencaminhar a minha cria, a p***
Fui motivo de chacota e das mais variadas piadas ao longo da tarde.

(Para quem tem mais dificuldade em ver o filme, acrescento que a cria tem aproximadamente 164cm e calça 39)

4 comentários:

Major Alvega disse...

Cara Isabel

Naturalmente as piadas resultaram do facto da analogia à Sharon Stone ... é que a dita não só é um arquétipo ultrapassado como decadente ...

... Para a próxima vez (Deus proíba que suceda) experimente a Jennifer Garner. Será a Idolatria completa.

Quanto às molas Glúteas ... se todas as mães as tivessem, não havia concerteza meninas de t-shirt azul na praia a vender bebidas brancas ... eu só me lembro da Dona Graça dos Bolos ali na praia de Carcavelos.

Mas isso é porque sou "Cota"

M.A.

Cristiana disse...

Mainada!
De cima do seu grande poder a Isabel no seu melhor!
Xôoooooo daqui para fora

Paulo Agante disse...

Acho que tão depressa não vou conseguir esquecer a frase: "a querer desencaminhar a minha cria, a p***" :)

Isabel disse...

Aqui pra nós que ninguém nos ouve... depois de devidamente confiscado o referido material de propaganda a uma festa a realizar este fds foi lido com a merecida atenção, não vá fazer falta "never knows"