quinta-feira, setembro 17

mas quando é que isto acaba????????

Aos 5 meses os meus meninos cada um em seu ano foram para o colégio e deixa-los nos 1ºos tempos dava-se-me sempre um nó na garganta, a voz embargava, as lágrimas teimavam em cair....

Durante os teatrinhos, as festas de anos, o vê-los crescer dá-me um nó na garganta, a voz embarga, as lágrimas teimam em cair....


Aos 6 anos o meu menino mais velho foi para a escola e ainda tenho na memória a roupa que levava, a imagem dele a ir de mochila ás costas e a desaparecer no pavilhão, deu-se-me um nó na garganta, a voz embargou, as lágrimas teimaram em cair....

Ontem o mais pequenino (vá já não é tão pequenino assim) começou a vir da escola para casa sozinho.... e eu que tanto criticava a minha avó , ponho-me tal qual ela, na varanda à espera de vê-lo sair da camioneta....e ontem quando o vi muito seguro de si mesmo, deu-se-me o nó na garganta, embargou-se-me a voz e as lágrimas teimosamente voltaram a cair.....

........mas isto não tem fim???????????????

4 comentários:

PAULO LONTRO disse...

Os meus pais dizem que não, e os seus filhos têm todos mais de 35 anos.

Eu espero que não tenha fim e o meu filho tem seis anos.
Sentir isso significa que ele deu mais um passo em frente!

Se aperta?
E de que maneira Eduarda !!!!!!!

TM disse...

Apesar de não ter filhos, concordo com o Paulo... não me parece que vá ter fim... E ainda bem que assim é... ;)

Eduarda disse...

Lontro, ohhh se aperta :)


TM, Pois... desconfio que não... :S faz parte , caiam então as lágrimas vá...

R 49699 disse...

O meu Pai diz que só depois de sairem de casa é que começam a dar trabalho!!

:)

P.S: a teoria dele só funciona porque enquanto a malta estava ali por perto era resolvido ao tabefe!!