quarta-feira, maio 13

Há milagres?!

Isto do (suposto) milagre de Fátima tem que se lhe diga …

Não estou a pôr em causa a religiosidade de ninguém nem tão pouco a fé, antes pelo contrário, tento dissipar algumas dúvidas que certamente surgem numa análise ligeira do assunto!

E para podermos afastar toda e qualquer dúvida há que questionar …

“Situando …Nossa Senhora de Fátima é a designação pela qual é conhecida, na religião católica romana, a Virgem Maria, mãe de Jesus Cristo

Ter fé é uma coisa diferente de “comprar” tudo aquilo que nos é “vendido” …

“Venderem” às pessoas em geral que Nossa Senhora de Fátima surgiu num raio de luz em pleno ano de 1917 perante 3 crianças, isoladas, analfabetas que do mundo pouco mais conheciam que ovelhas e pastos … acredito que tenham “comprado” …

Que a dita Senhora apareceu deu os recados que tinha a dar e voltou para a sua vidinha deixando ali um sinal divino a ser seguido, acredito que tenham “comprado”…

Que as profecias que deixou tinham a ver com tudo menos com fé e devoção e ninguém questionou … acredito que tenham “comprado”

Acredito que tenham comprado isso e muito mais relativo a este “fenómeno”, mas estes créditos remeto-os para essa altura em concreto e perfeitamente circunscrita no tempo … nada de misturas!!!

Este fenómeno perdurar até aos dias de hoje e transformar aquela localidade (Fátima) numa autêntica industria de vender nossas senhoras para pôr em todo o lado possível imaginário (tudo fabricado na china!) … Bom isso agora já é burrice, desatar a andar caminho de Fátima como se não houvesse amanhã e muito menos depois de amanhã!?!?!?

Pergunto! É normal?!?!

Eu sei que as pessoas têm necessidade de se agarrar a qualquer coisa … de acreditar numa entidade superior, numa força, numa energia, em qualquer coisa mas daí até fazerem aquelas romarias para por a moedinha que corresponde à vela a arder?!?!?

O que é que isto tem de fé?

De genuíno?

De alguma coisa para além da moeda a cair???

Ainda lanço uma outra pergunta mais específica:- Será que esta gente toda que se acotovela e desfaz em suor para acenar o lencinho branco à passagem da Santa, não tinha televisão no ano de 1985??

Se calhar não … pena, perderam uma novela esclarecedora … O Roque Santeiro tinha muito a ensinar nesta matéria … quantos e quantos “Zés das Medalhas” não existem em Fátima?

E afinal de contas o Roque, esse, de santo não tinha nada… Ainda bem!

Digo eu claro!

Só mais uma coisinha, e se tudo isto foi tão importante porque razão duas das 3 crianças morreram pouco tempo depois e a que restou esteve enclausurada o resto da sua vida?

Não deveria ter tido oportunidade de pregar e passar a palavra?

Isto da fé não é uma coisa boa?

Não é suposto passar o testemunho de tão ilustre contacto???

Honestamente ultrapassa-me esta questão …E ainda bem que me ultrapassa, detesto estes fenómenos de encarneiramento geral!


(As minhas sinceras desculpas para as mais sensíveis a estas coisas da fé … não pretendo ofender ninguém, é apenas a minha humilde opinião!)

15 comentários:

Blossom disse...

eu continuo a achar que eles estavam era sob a influência de alguma substância psicotrópica para verem uma aparição a brilhar...suspensa e tudo...psicotrópicos...com toda a certeza!!!

Ness Xpress disse...

É apenas o efeito euromilhões: sabemos que não sai, mas há sempre aquela esperança. A da vida eterna é igual :) Vá-se lá saber se...

(Não, não jogo no euromilhões)

Gostei do blog :)

PAULO LONTRO disse...

clarissimo...

PKB no T12 disse...

Para mim aquilo é igual aos vendilhões no templo.

Beijinhos.

Gata2000 disse...

A PKB disse quase tudo, eu só acrescento que o JC quando viu o templo apinhado de gentinha a vender e a comprar tudo e mais um par de botas os enxotou. Ora se ele o fez e tinha um canal directo e completamente em aberto para Deus, seria de esperar que se viesse nos dias de hoje a Fátima largasse fogo à peça!

L!NGU@$ disse...

Partilho da tua opinião, mas de uma forma mais resumida:

http://euopinoetu.blogspot.com/2009/05/13-de-maio.html

Miss G disse...

Penso que a igreja se apodereu do fenómeno para receber uns trocos extra ao longo dos tempos. Sou totalmente contra aquele monte de pedras, a que chama basílica nova. É uma imensa falta de consideracao nao haver por exemplos sombras num espaco tao amplo.
O verdedeiro sentido da fé, anda muito diluído por Fátima. Eu é que no ponho lá ouros, nem macos de notas.

Cristiana disse...

Blossom,
Eu não sei exactamente qual era a substância mas a avaliar pela época e local deviam ser umas podentes sopas de cavalo cansado!

Tadinhos, depois viram cenas... claro, eu também as veria!

Cristiana disse...

Ness Xpress,
Sejas bem vindo, ainda bem que gostaste!

Será então uma dose inimaginavél de boa vontade ... pois coitados e também gastam dinheiro para acreditar!
Pior, é que nem se habilitam a um 3!
Muito desagradavél!

Cristiana disse...

Paulo Lontro,

Gosto de gente esclarecida!

Cristiana disse...

PKB,
Aquilo não se deve parecer com nada!

Cristiana disse...

Gata,
Já fizeram tudo em pedra para não haver lugar a tacar fogo!
Até as velas que diz que se põem lá são artificiais, são umas luzinhas ou lá o que é, cenas modernas, o papa também só calça sapatos Prada, é um gajo moderno ...! Digo eu!

Cristiana disse...

L!NGU@$,
Resumidita a tua opinião ... mas andavas a jogar à bola não tinhas tempo para apreciares grande coisa!

;)

Cristiana disse...

Miss G,
Diz-me uma coisa, fenomeno, acontecimento, o que seja que a igreja não tivesse aproveitado para ou fazer trocos ou reverter a seu favor?!?

Vá uma só!

PKB no T12 disse...

Eu acho interessante eles estarem preocupados com a crise por a caritas estar a receber menos donativos... p.q.p. pá!