quarta-feira, junho 25

Para o Zimbabué já, e em força!!!!!




Será que não há ninguém que mate este homem ?


Não há aterosclerose nem enfarte do miocárdio que lhe pegue? Como dizia a minha avó : "Em gente de má raça não há mal que lhe chegue" . Irra!!!!!!!


Continuo á espera da reacção dos "senhores do mundo" a esta vergonha ...........

2 comentários:

Eduarda disse...

Isso bem conversadinho sou capaz de ter ai uma ou duas pessoas :D

Major Alvega disse...

Quando o Alfredo Keil escreveu ... "Contra os Bretões, Marchar, Marchar" ... já se adivinhava o sapo que teríamos de engolir relativamente às pretensões Portuguesas em África: O Ultimato Inglês, do famigerado Mapa Cor-de-Rosa.

Calculo que em 1890 tenha sido humilhante ter de deixar os ingleses entrar pela África adentro e fazer o que bem entendessem.

Hoje até estou satisfeito por tal facto, porque assim, posso olhar para países como o zimbawe e pensar que não foi absolutamente nada no nosso colionialismo que falhou, mas sim a ganância Inglesa que usou e explorou a Rodésia (hoje Zimbawe) e a transformou no que se vê.

Diz o Português: Não peças a quem já pediu e não sirvas a quem ja serviu. É uma lição que os Agricultores brancos estão a aprender a um preço exorbitante ... os que ainda estão vivos.

Pessoalmente acredito que os países Africanos daquela latitude em particular, são como Escorpiões, ou seja, quando sozinhos ou cercados, picam-se a eles próprios porque é essa a sua natureza.

Eu digo! Retire-se de lá quem interessa, depois cerquem-nos e deixem-nos morrer por si.

M.A.