sábado, junho 7

Mas quê??? ganhamos o Euro foi???

Mas que parvoice nacional é esta?? Tudo a apitar nas ruas, Marquês de Pombal numa autêntica enchente de gente histérica... mas os portugueses tinham a equipa em tão má conta que precisam de fazer este alarido por termos ganho um mísero 1º jogo da fase de grupos ... á TURQUIA ???????????
Não deveria ser absolutamente natural com uma equipa com a nossa história?? Não temos de facto uma grande Selecção Nacional????
Sério ... isto roça muito muito muito rente a estupidez ... mas claro é a minha modesta opinião.
Vá Senhores jornalistas alimentem bem o ridiculo lusitano....

1 comentário:

Major Alvega disse...

Bem ... confesso!

Eu detesto futebol!

Odeio tudo o que orbite em redor de tão peçonhenta influência ...

E por isso não podia estar mais de acordo ... mas só em parte.

È das circunstâncias que mais desarranjo neuronal me causa, esta que faz parar um País, por causa de 23 criaturas (sejamos educados) a correr atras de uma bola.

Não é o facto de ser ou nao natural ganhar um jogo a este ou aquele ... se bem que cada jogo que ganham é mais uma semana que perpetuam o vergonhoso espectáculo que justifica não se falar de mais nada, não se pensar em mais nada e pior ainda ... besuntar todo e qualquer propósito, ideia, projecto ou concretização, com a pestilente nafta, vulgo selecção, a equipa, o plantel.

Simplesmente aviltante.

Se concedesse, porventura, algum crédito que fosse, à horda que enviaram para a Suíça, diria que são peritos em arrombamento, já que conseguem arrombar todo e qualquer cérebro e roubar descaradamente qualquer réstea de bom senso e verdadeiro sentido e orgulho patriótico, para transformar a vítima numa criatura Ululante, vernacular que nem a própria mãe conhece.

Costumam apelidar-me de Português de "segunda", apenas porque não penduro a Bandeira Nacional, de pernas para o ar, estilo presunto, nem consumo litros de cerveja arrotando palavrões, como os energúmenos que estão a berrar lá em baixo na rua, e insisto em trabalhar nas seis horas que demora o jogo.

Sim, porque os Portugueses a sério, duas hora antes já estao ... em estágio, nas duas horas durante ... é o que se vê, e nas duas horas depois é tempo de justificar atitudes como Bater na mulher, armar Carnaval na rua, chorar no canto da sala em úníssono com os demais beberrões.

Mas tenho de lhes gabar a arte ... porque eu, por mais que tente, não consigo esquecer o gasoleo a 280$00 nem a pandilha de ministros do sonso ou os nao sei quantos centos de Portugueses (se calhar tambem de segunda) que estao sem emprego .. ah! Pois!

Calculo que seja aos pontapés à bola que se agarre o investimento estrangeiro ou se combata o analfabetismo ... logo aqui ... neste país onde se elegem malandros para presidentes de Câmara e se "papa como bom" dirigentes desportivos corruptos, cmo diria Salgueiro Maia : "O estado a que isto chegou"

O que devia ser natural, com uma história como a nossa, era que nos questionássemos a sério, acerca de pressupostos anedóticos como a dita Profissão de Desgaste Rápido ... pois ... então, e Mineiro? não? trabalhar na mina é saudável, e já agora Agricultor? pois ... a vida ao ar livre ate rejuvenesce ... pois ... ah! e Professor ... deve ser um mimo ser humilhado e enxovalhado todos os dias, ou pelo ministério ou pelos alunos ... pois ...

Mas afinal, desgaste rápido em quê? só se for nos neurónios ... mas eles nem sequer pensam, a avaliar a maneira como falam ... e além do mais, não se diz à boca cheia que Desporto é saúde? Então? porque raio ainda deixam aquelas criaturas amealhar num mês o que a maioria das pessoas leva 30 anos a amealhar?

E ainda os exortam por isto ...
E ainda gastam dinheiro ... para ir ver ... isto?
E ainda perdem tempo ... com ... isto?



Pela parte que me toca ... mais depressa ia jogar ténis ... para o meio da carreira de tiro ... do que embarcava numa alienação deste calibre.


Pronto! Agora que escandalizei toda a gente e concerteza me vão dar ordem de Destroçar ... vou seguindo para o próximo "post" enquanto ainda me é permitido.


Deste cidadão de "segunda"

M.A.